Disfruta del turismo rural en Cantabria en la Posada rural el Remanso, cerca de Cabarceno y Santander

RESERVA ONLINE

BUSCAR

Vila marinera de Santoña

Se em Cantabria existe um município com tradição marinera, esse é sem dúvida, o de Santoña. A Vila tem entre as suas personagens mais ilustres a marinheiros de renome, como pode ser o grande Juan da Coisa, cuja contribuição à descoberta da América não é baladí, devido entre outras faculdades, ao seu amplo conhecimento em cartografia e amplo domínio da arte da navegação, como se pode comprovar na sua \" Carta marinha\", objeto de estudo como peça fundamental da cartografia da época. Não devemos esquecer a contribuição à história de Espanha por parte desta Vila marinera cántabra, já que foi em Santoña onde se construiu a caravela \"Santa María\".

 

{googleDir hide_direction_text=1 from="Riotuerto" to="43.442168,-3.453097"}   

Santoña está situada na zona oriental, na margem esquerda da desembocadura do rio Asón, na base do bellísimo Monte Buciero e junto aos humedales do Parque Natural das Marismas de Santoña, Vitória e Joyel. Rodeada de monte, marisma e ria, Santoña é praticamente uma ilha em terra firme.

Distribuídos por todo o capacete urbano, há edifícios para todos os gostos. Desde construções militares situadas no Monte Buciero como os Fortes de San Martín, San Carlos ou do Mazo ou Napoleón; até as iconografías religiosas como o monumento à Virgem do Porto que serve de faro-script para as entradas e saídas das embarcações do porto. No Buciero encontramos também várias grutas com jazigos prehistóricos. Para os cinéfilos e amantes da história negra de Espanha, dizer-lhes que a poucos metros da praia de Berria se erige a mítica prisão do Dueso, onde foi enclausurado Eleuterio, mais conhecido como \"O Lute\", famoso pelos seus exitosas evasões e intermináveis perseguições por parte da autoridade da época, a sua biografia fué levada ao cinema e interpretada com grán sucesso pelo ator Imanol Arias.

{youtube}GLUNLRepRdQ{/youtube}

No entanto, talvez a sua mais significativa senha de identidade seja a Reserva Natural das Marismas (na desembocadura do Asón). A riqueza das Marismas não só reside no seu valor natural, singular é também pela fauna que alberga. Os humedales e o estuário que formam ditas marismas constituem um ecosistema único para as aves acuáticas que, desde o norte da Europa visitam ano após ano mais de 20.000 instâncias que emigram a esta zona para passar o inverno e a primavera. Este facto contribuiu a que as Marismas de Santoña e Noja foram declaradas Reserva Natural no ano 92 e estejam protegidas como Humedal \"RAMSAR\" e seja constituídas como Zona de Especial Proteção para as Aves \"(ZEPA)\".

Em Santoña todo este unido com o mar. Desde as suas extraordinárias praias que oferecem ao visitante um ambiente tranquilo e de completa relajación, à sua vida quotidiana, desenvolvida em base ao setor pesqueiro e uma relevante indústria conservera cuja referência é a magnifica anchoa do cantábrico, as animadas festas da Virgem de Porto ( primeira quinzena de setembro ) com marmitada, feira taurina, regatas de traineras, festival de carrozas e coloridas verbenas. há que destacar Os Carnavais Marinheiros,(em Fevereiro), que são Festas declaradas de Interesse Turístico Nacional e atraem a milhares de pessoas todos os anos.

Quanto ao culinário esta claro e não podia ser de outra forma, os produtos do mar e as conservas de peixe, com a anchoa do cantábrico à cabeça conformam as suas receitas mais típicas e saborosas.